Parceria entre Prefeitura de Paragominas e Junta Comercial do Pará traz celeridade à abertura de novas empresas

Na noite de ontem, 16, a Jucepa realizou na cidade, palestra “Registro de empresa fácil e rápido”, voltada especialmente para contadores e empreendedores. O evento contou com a participação da Presidente da entidade, Cilene Sabino e do Prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins.

Segundo Cilene, a criação de novas empresas é de fundamental importância para as cidades, uma vez que traz crescimento, desenvolvimento e fomento para a economia, com a geração de emprego e renda. “Quando a Prefeitura convenia com o Integrador Pará, conseguimos agilizar muito mais o processo de abertura da empresa, tornando mais célere, mais rápido para o contador, para o advogado, para o empresário, para todo mundo que utiliza o registro mercantil”, afirma. Cilene conta também que, através do site da JUCEPA, o empreendedor ou contador consegue resolver muito problemas.

O Sistema Integrador Pará faz parte da REDE SIMPLES e tem como objetivo ajudar na integração da base de dados das diversas esferas, compartilhando as informações solicitadas, desde o pedido de abertura de empresas. Os órgãos estaduais e municipais alimentam com dados e utilizar a mesma base para avaliar, solicitar, informar e conceder licenças e alvarás, reduzindo assim, o número de procedimentos obrigatórios para o empresário, evitando retrabalho.

Segundo Aiua Reis Queirós, Gerente de Projetos da Junta Comercial do Pará, por meio da parceria que a Prefeitura firmou junto à Jucepa, agora os empresários e contadores terão acesso ao “Alvará Digital” e isso significa mais comodidade, uma vez que o documento estará disponível online, sem que para isso seja necessário deslocamento à um órgão da Prefeitura. Aiua

Para a Secretária de Administração, Graça Quadros, o caminho é a desburocratização dos processos de abertura de empresa, pois assim, mais pessoas conseguem empreender de forma legal e segura. “Nós temos uma coisa muito boa em nosso município, criada pela Prefeitura, que é a Sala do Empreendedor, que foi criada para facilitar esse pretenso empreendedor a abrir sua empresa”, explica a Secretária.