Prefeitura de Paragominas realiza balanço das ações sobre a enchente do dia 12.

Em Paragominas o trabalho do poder público continua em favor das famílias atingidas pela enchente do último dia 12. Desde a madrugada de quinta foi contabilizado 2.008 famílias afetadas e esse número não deve subir, já que a estimativa da equipe de Assistência Social é de ter cadastrado cerca de 98% dos atingidos.
A água já baixou a níveis normais na maioria dos locais e as Secretarias Municipais de Infraestrutura, Urbanismo e Agricultura continuam com o mutirão para cuidar da limpeza da cidade com equipes trabalhando nas ruas atingidas e em espaços públicos. Só neste trabalho, são mais de 50 pessoas envolvidas, divididas em equipes que trabalham todos os dias, inclusive no domingo, tirando lixo, lama e entulho, desobstruindo ruas para que o trânsito e a vida voltem ao normal. Desde de quinta-feira já foram recolhidas mais de 4.500 toneladas de entulho em toda a área afetada. Além disso, recomeçamos a operação tapa buraco em toda a cidade para melhorar as condições de tráfego.
Hoje, há 3 abrigos onde 54 famílias estão alojadas com o acompanhamento da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS). Essas pessoas estão recebendo a visita de técnicos da Companhia de Habitação do Pará (COHAB) e Secretaria de Estado de Assistência Social (SEASTER) para avaliação de suas necessidades e encaminhamento para participarem de programas do governo estadual.
Ainda se está recebendo doações para atendimentos às famílias. Até hoje, foram entregues pela SEMAS, 2.360 cestas básicas, milhares de peças de roupas e sapatos, além de colchões, fogões e outros artigos de necessidade e por dia estão sendo entregues 250 marmitas com comida pronta. A entrega dessas doações está acontecendo diretamente às pessoas atingidas nos próprios locais onde estão abrigadas, seja em suas casas ou nos abrigos. Isso é para evitar que pessoas recebam donativos indevidamente e garantir que todos recebam de acordo com sua necessidade. E por isso, para assegurar que suas doações tenham um destino correto, a orientação é que a entrega seja realizada somente na Secretaria de assistência social, onde tudo está sendo separado por voluntários para depois ser entregue.
Ainda sobre doações, está se recebendo brinquedos na Secretaria Municipal de Agricultura e material escolar na Secretaria de Assistência Social.
Para prevenir doenças, a Secretaria Municipal de Saúde intensificou suas ações com equipes visitando as famílias atingidas. Agentes de saúde e de endemias, enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos foram diretamente nos abrigos e nas residências para realizar aplicação de vacinas, consultas e eliminação locais de proliferação de mosquito transmissor da dengue. Os postos de saúde também estão intensificando as consultas médicas e de enfermagem. Até hoje já realizadas mais de 700 consultas médicas e de enfermagem e aplicadas 2.200 vacinas em um mutirão específico para este fim.
Os serviços de energia e abastecimento de água tratada foi restabelecido poucas horas depois do ocorrido nos poucos pontos em que faltaram. E nos bairros em quem não é atendido pela Sanepar foi distribuído água mineral.
Foram suspensas as aulas nos dias 12 e 13 para que as escolas pudessem servir de abrigo. Mas as famílias que precisaram permanecer abrigadas foram remanejadas para outros locais em que pudessem continuar sendo assistidas. Então logo na segunda-feira as aulas voltaram ao normal. Todos os outros serviços públicos estão funcionando normalmente.
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente já fez o levantamento das propriedades que tiveram o rompimento de barragens próximo as nascentes dos rios Uraim e rio Paragominas para aplicação das sanções. Também foram embargadas e proibidas de reenchimento. Além disso, foi feita vistoria técnica em outras barragens que não se romperam e determinou-se o esvaziamento de todas elas de forma gradual e segura, portanto, não há perigo de novos rompimentos.
A Secretaria de Infraestrutura, em parceria com o Governo do Estado, através da Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros fizeram um levantamento para verificar quem precisa ser retirado de suas residências, pois observou-se que muitas pessoas que estão com imóveis em condições de risco não querem sair dos mesmos. Uma ação de conscientização começou a ser realizada hoje para que essas famílias saiam dessa área de risco e sejam abrigadas em locais seguros até que se defina qual a melhor solução para elas. A Prefeitura de Paragominas, Ministério Público e órgãos de segurança e defesa estiveram reunidos e chegaram à conclusão que as casas dessas famílias correm risco de desabamento por estarem em locais com condições habitacionais inapropriadas.
O Governo do Estado enviou para o município, equipes da Companhia de Habitação do Pará (COHAB) para mobilizar recursos financeiros para a reconstrução e reforma de casas para a população que foi atingida através do Cheque Moradia. Enviou também uma equipe da Secretaria de Estado de Assistência Social (SEASTER) para realizar um levantamento para a concessão do benefício eventual no valor de um salário mínimo por 3 meses. É importante lembrar que esses benefícios não são para um número limitado de pessoas e serve para garantir os meios necessários à sobrevivência da família e do indivíduo, com o objetivo de assegurar a dignidade e a reconstrução da autonomia das pessoas e famílias atingidas que estejam em extrema vulnerabilidade, como por exemplo, as que estão em abrigos. A secretaria de assistência social está fazendo o levantamento de acordo com os cadastros que foram e estão sendo realizados para a concessão dos benefícios.
A Prefeitura de Paragominas, em parceria com o Programa Pro Paz Cidadania, até o dia 21 de abril, estarão emitindo documentos e prestando atendimento jurídico, para as pessoas atingidas pela enchente e que foram devidamente cadastradas junto a SEMAS.
Serviços oferecidos:
- Emissão de documentos: RG, certidão de nascimento 1ª e 2ª vias, 2ª via de CPF, carteira socal e de trabalho e fotografias;
- Atendimento jurídico pela defensoria pública.
Hoje, o atendimento será no Caseca, a partir das 8h. Nos dias 20 e 21/04, será na Escola Salmolnozor, a partir das 8h.

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/vhosts/paragominas.pa.gov.br/httpdocs/noticia.php on line 149