Prefeitura, através da Semagri, incentiva a produção do cacau em Paragominas

Visando fomentar cada vez mais a produção local, a Prefeitura de Paragominas, através da Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri), com o apoio dos órgãos CEPLAC - Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, e SEDAP - Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, estão iniciando este ano o incentivo à produção do cacau na região.

“Queremos nos tornar um município com grande produção do fruto, trazendo assim mais condições de plantio aos nossos agricultores, bem como a nova possibilidade de produzir algo que poderá ser excelente em termos econômicos para Paragominas”, disse o Prefeito Paulo Tocantins.

A partir disso, diversos levantamentos foram feitos na cidade em busca de produtores de cacau, sendo detectadas nove famílias que já fazem este plantio, só que de forma desordenada e ainda sem técnicas eficazes para a produção.

“Após o trabalho realizado para encontrar esses agricultores, a Semagri, buscou mecanismos que pudessem auxiliar esses pequenos, médios e grandes produtores, que hoje ainda estão com um total de 75 hectares disponíveis para essa produção, e que logo mais poderão se especializar na produção do cacau”, frisou o Prefeito. 

O objetivo principal é transformar Paragominas em mais uma grande rota de produção, dessa vez do cacau, criando assim uma cadeia de produção dentro do nosso município, destacando cada vez mais a agricultura familiar tão presente em nossa cidade.

“É uma nova oportunidade do nosso município crescer e se tornar uma rota de produção do cacau aqui no nosso Estado, e futuramente uma indústria de beneficiamento, criando assim o cacau de Paragominas”, disse o Prefeito Paulo.

Com isso, a Semagri entra com o papel fundamental de incentivar a parceria entre esses já produtores do fruto, bem como captar novos agricultores que queiram e tenham condições de plantar o cacau, sem contar na criação de uma nova fonte de renda para as famílias.

“Queremos terminar o ano de 2019 com aproximadamente cento e cinquenta hectares na região, com base na produção desses nove produtores que já plantam o cacau, para que em cinco anos possamos ter pelo menos mil hectares e assim tornar Paragominas referência nesta produção”, finalizou o Prefeito.