135 paragominenses recebem o recurso do Credcidadão

A Prefeitura de Paragominas através da Secretaria de Assistência Social (Semas) tem estabelecido parcerias com o Núcleo de Gerenciamento do programa de microcrédito Credcidadão em prol de auxiliar e reestruturar todos os microempresários do município e também àqueles que sofreram com as enchentes do dia 12, e tiveram danos em seus negócios. Com o principal objetivo de beneficiar os pequenos empresários que necessitam ou desejam ter este benefício, o Credcidadão volta até Paragominas para contemplar os empreendedores que buscam melhorar o seu negócio.
Na tarde desta terça-feira (10), aconteceu no auditório da Prefeitura de Paragominas, houve a entrega de 135 benefícios àqueles que solicitaram e atenderam aos parâmetros propostos pelo programa e também uma palestra com o intuito de esclarecer sobre os critérios de quem ainda tem interesse em receber o benefício, como é o caso de Paulo Henrique que já utiliza o recurso pela segunda vez para alavancar o seu negócio, “vou investir na minha vida, e me dedicar pois quero algo melhor pra mim e pra minha família. Estou investindo em uma microempresa junto com o meu pai, e isso vai melhorar o negócio”, afirmou. 
Muitas pessoas estiveram presentes a fim de entender mais sobre a verba. O serviço de esclarecimentos vem sendo prestado pela Prefeitura através da Semas em prol de auxiliar os paragominenses.
“Temos trabalhado e buscado alternativas para que os nossos usuários, nossos munícipes, tenham condições de ter uma geração de renda, e o Credcidadão é um programa onde os nossos empreendedores têm a oportunidade de ter um incremento e melhorar seu negócio. É uma forma de incentivar eles a terem cada vez mais condições de estar gerando a sua própria renda”, disse o Prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins.
Pela segunda vez só neste ano de 2018, o Credcidadão beneficia os empreendedores de Paragominas, desta vez atendendo a 135 pessoas, o que segundo a secretária é muito bom, principalmente pois o recurso aumenta de acordo com o número de parcelas pagas, o que no município é cada vez mais promissor, “o que a gente recomenda é que as parcelas sejam pagas de maneira sempre em dia para que a gente tenha condições de cada vez mais estar atendendo”, afirmou Tania.