Novos Negócios para Paragominas

Em junho deste ano, um grupo de dirigentes de cooperativas vinculadas à Aurora Alimentos e OCESC (Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina) estiveram no Pará e visitaram a usina de energia solar fotovoltaica de Paragominas e saíram positivamente impressionados. Segundo Neivor Canton, vice-presidente da Aurora Alimentos, que compôs a comitiva, a primeira impressão que teve sobre a cidade é de organização. E, como a primeira impressão é a que fica, Canton acredita na possibilidade de futuros negócios em Paragominas. “Iniciamos uma paquera com a cidade, quem sabe evolui para um namoro?”, descontrai o vice-presidente da Aurora. A cidade tem logística e infraestrutura, dois pré-requisitos básicos para a implantação de novos empreendimentos.

Segundo o Prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins, uma das principais características da cidade é buscar conhecimento e novas possibilidades de negócios, especialmente fora do Pará. Tocantins explica que é uma prática de gestores paragominenses e que se perpetua. “Ser gestor é enxergar possibilidades de crescimento para todos, pensar na evolução não só econômica, mas social. Somos pioneiros em diversas áreas no estado, como por exemplo, na produção de soja. E isso só foi possível porque nos unimos e acreditamos que essa poderia ser uma atividade forte no município. A partir de então, buscamos investidores, produtores, tanto que há uma presença forte de produtores do Sul do país em Paragominas. E o resultado é que temos uma agricultura pujante, conseguimos atrair novos investimentos, gerando emprego e renda para a população”, explica o Prefeito.

“Em Santa Catarina estamos vendo o quanto é importante investir em pessoas, estimular o pertencimento nos cidadãos de que a cidade não se faz apenas com as mãos da gestão pública. Cada um precisa contribuir para o seu crescimento, pois é assim que novas portas se abrem. O cooperativismo vem nos ensinar a importância da autoajuda, num sistema de produção onde todos ganham”, conclui.