A importância do Cooperativismo para as pessoas: um discurso que motiva.

Lá no início da nossa série de matérias sobre cooperativismo, falamos sobre trabalhar em um local onde se vislumbre um futuro. Promissor. Pois bem, não é só falácia. Edilamar Wons, que hoje é segundo vice-presidente da Cooperalfa/SC, é prova viva de que o cooperativismo é uma opção, talvez a melhor no sistema produtivo atual, para crescimento econômico, social e pessoal. Ele conta que há 30 anos começou a trabalhar na Cooperalfa. E sabe qual foi a sua primeira função? Atendente balconista. Associado à oportunidade também tem a vontade. Edilamar cresceu porque quis. E, a partir disto, aproveitou todas as chances que tinha, até chegar onde está hoje.

“Conheço muito bem a cooperativa, pois já passei por vários setores, de balconista à segunda vice-presidência, foram muitos degraus. A valorização também é para os associados e para os filhos dos associados, pois temos de pensar no futuro da cooperativa, afinal de contas ela chegou até aqui através das pessoas.” Conta Wons.

Outro exemplo é a o Coordenador da Comunicação Social da Cooperalfa, Genuir Parizotto, que já está na Cooperalfa há 18 anos e desde lá, vem conquistando não só espaço, mais a confiança dos cooperados. Ele, que é de uma família de pequenos produtores, entendeu desde cedo o objetivo do cooperativismo. “Consegui muita coisa na minha vida compartilhando sonhos”. Forte? Exagero? “Comecei na Cooperalfa em 1999, como técnico agrícola e fazia trabalho de serviços gerais, cortando grama, coordenando algumas etapas do campo demonstrativo e tinha, como ainda tenho, uma enorme vontade de aprender, de levar uma experiência diferente para as pessoas, contribuir.” O que Genuir queria naquela época e que conseguiu, é fazer parte e melhorar não só a sua vida e de sua família, mas das pessoas com quem trabalha, direta ou indiretamente.