Paragominas respira esporte!

Quem visita o Lago Verde em Paragominas no inicinho da manhã ou no final da tarde, se depara com pessoas fazendo algum tipo de exercício físico, seja corrida, caminhada ou usando os aparelhos da academia ao ar livre que o local disponibiliza. É inegável a mudança de vida dos paragominenses, colocando a prática esportiva como um dos pontos primordiais para a melhoria na qualidade de vida.

Locais e projetos sociais que estimulem a atividade física, a cidade tem. Lago Verde, Parque Ambiental, as praças são os lugares preferidos para tal movimento e o Projeto Saúde na Praça, reúne diariamente quase 400 pessoas, que fazem exercícios aeróbicos. Só que, neste final de semana, mais precisamente sábado pela manhã, a cidade ganha um super Centro de Formação Olímpica da Amazônia, o CFOA, localizado na Avenida Tropical. E quem vai estar presente é a atleta e medalhista olímpica do vôlei de praia, Larissa França.

Larissa é natural do Espírito Santo, mas morou em Paragominas dos 3 aos 13 anos de idade, quando começou a prática de esporte. Aos 10 anos conheceu Lindon Jhonson Veras, professor de Educação Física da Escola Municipal Anésia da Costa Chaves, onde ela estudava. Lindon é um admirador e grande amigo de Laréu, como a chama carinhosamente. “A Larissa gostava de tudo quanto era esporte, do futebol ao judô. Mas, sua paixão sempre foi o vôlei. Saiu de Paragominas aos 13 anos e foi para Belém, jogou pela Tuna Luso Brasileira, ganhou seu primeiro título e depois seguiu para Fortaleza”, relembra Lindon.

E este final de semana a atleta vai estar na cidade para cumprir uma série de compromissos, que incluem visita à antiga escola, à projetos sociais e a inauguração do CFOA.

Paragominas terá futuros atletas olímpicos

Você já ouviu falar em “olheiros do esporte”? Tá bom, se não ouviu falar vamos te explicar. O famoso “olheiro” é o profissional que visita escolas e centros de treinamento esportivos em busca de talentos, vão olhar aquelas crianças que se destacam em várias modalidades olímpicas.

Então, se seu filho (a) tem talento agora é a hora! É que Paragominas vai ganhar neste sábado, o Centro de Formação Olímpica da Amazônia (CFO), mas que começa a funcionar à todo vapor no próximo mês, com as modalidades de tênis de quadra, tênis de mesa, vôlei de quadra, vôlei de praia, futsal e judô. Será um local voltado para o treinamento intensivo, para formar atletas de alto rendimento e que será aberto à todos. “O diferencial do CFO é que iremos procurar talentos nas escolas municipais e estaduais e as crianças que tiverem potencial, terão benefícios especiais como bolsa e acompanhamento técnicos adequados para modalidade. ” Explica um dos idealizadores do projeto Raphael Vale.

Outro fator positivo do CFOA é que crianças de projetos sociais desenvolvidos pela Prefeitura de Paragominas terão a oportunidade de treinar por lá.

 

Paragominas ganha Centro de Iniciação Esportiva

Os investimentos em esporte na cidade não param por aí. Neste sábado, 23, o Prefeito Paulo Tocantins dá o ponta pé inicial para o começo das obras do Centro de Iniciação Esportiva - CIE, com a apresentação do projeto e assinatura da ordem de serviço.

O CIE é um projeto do Ministério dos Esportes e que terá contrapartida da Prefeitura de Paragominas. Será o modelo II, composto por um ginásio poliesportivo, uma área de apoio e uma quadra externa descoberta. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura, responsável pelas obras, o prazo para execução do projeto é de 180 dias, com previsão de entrega para o primeiro semestre de 2018. “O CIE vai ficar localizado no loteamento Jardim América, bairro Tropical.

Segundo o Prefeito Paulo Tocantins, o intuito do CIE é ampliar a oferta de equipamentos público esportivos com qualidade e incentivar a iniciação esportiva em territórios de vulnerabilidade social. Num primeiro momento, atletismo, basquete, handebol, judô, tênis de mesa, vôlei e futsal serão as modalidades desenvolvidas. “O CIE vai se somar ao CFOA para a descoberta de novos talentos na área do esporte, auxiliar na melhoria da qualidade de vida para crianças e jovens, além disso, confere disciplina, foco nos estudos, melhorando a vida em família e formando cidadãos melhores”, opina Tocantins.