UFRA Paragominas completa 10 anos promovendo ensino superior ao município 

A última segunda-feira (13) foi marcada por uma grande cerimônia em comemoração aos dez anos da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), campus Paragominas, que vem promovendo ao longo desta década educação de qualidade à todos os munícipes, sem contar na valorização da população local. 
“A chegada da UFRA em Paragominas foi de grande valia para que todos os nossos cidadãos pudessem se qualificar para entrar no mercado de trabalho que é predominante em nossa região, como produção de grãos, agricultura familiar, entre outros. Com isso os nossos jovens podem ter acesso ao ensino superior dentro do próprio município, sendo chamados para trabalhar em grandes empresas presentes aqui, em nossa terra”, disse o Prefeito Paulo Tocantins. 
O evento foi marcado por uma grande solenidade que contou com a presença de diversas autoridades que foram prestigiar a cerimônia, entre elas a diretora do Campus Paragominas, Izabelle Andrade que falou sobre a importância deste polo estudantil na cidade. 
“Paragominas atualmente é uma cidade que a gente considera fronteira agrícola, onde está se plantando soja que é um dos principais grãos do mercado, devido essa expansão da plantação de grãos principalmente da soja, a gente trazendo a UFRA para a cidade de Paragominas é a oportunidade de que a gente consiga inserir profissionais que são da região nessas grandes empresas que são multinacionais cultivadoras de soja, não tendo mais que essas empresas solicitarem agrônomos de outras regiões, bem como nas outras áreas do campus”, afirmou. 
E este trabalho vem sendo reconhecido por todos, principalmente para os alunos que se sentem agraciados por ter a oportunidade de estudar em uma Universidade deste porte que valoriza a mão de obra local, como é o caso do aluno de engenharia agronômica, Khayo Wender.
“É motivo de muito orgulho fazer parte de uma trajetória tão bonita como a da UFRA, construída com trabalho árduo e persistente, de pessoas dedicadas e comprometidas com o avanço da educação no município, visando o progresso do Estado e do país. O caminho até aqui foi penoso, cheio de barreiras, que foram superadas, por que essas pessoas acreditaram no potencial da universidade, como agente transformador da realidade de muitas famílias do próprio município, de dos municípios circunvizinhos”, destacou Khayo.
A Universidade chega no marco de dez anos com diversos reconhecimentos, e também novidades, como é o caso dos cursos de administração e sistema de informação, que entraram neste ano no quadro de graduação da UFRA.