Paragominenses levam primeiro lugar Festival Internacional de Danças da Amazônia (FIDA)

Durante o último final de semana, o Teatro Gasômetro, em Belém, recebeu a 25ª edição do Festival Internacional de Danças da Amazônia (FIDA), e vários grupos de dança de Paragominas estiveram presentes, mostrando suas habilidades neste belíssimo evento idealizado pela professora Clara Pinto. 
A fim de incentivar a cultura, arte, e criatividade, dos jovens participantes, a Prefeitura de Paragominas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Desporto e Lazer (Secult), apoiou os dançarinos paragominenses em participar do festival. 
“A participação de nossos jovens em concursos como estes é fundamental no incentivo à cultura, e dança, sem contar na descoberta de novos talentos que se iniciam por meio das atividades desenvolvidas pela Secult”, destacou o Prefeito Paulo Tocantins. 
Entre os grupos que representaram Paragominas no Fida, dois se destacaram faturando os primeiros e segundo lugares em suas categorias. Entre eles a Cia de Danças Kamal que participou do festival pela primeira vez, e levou o primeiro lugar na categoria contemporâneo adulto, com a coreografia Veraneio, que retrata o cotidiano dos amantes da estação do verão. 
“Participar de um Festival a nível internacional como Fida e vir da nossa capital campeão, nos enche de muito orgulho, pois nosso objetivo é levar nossa arte à todos representando o nosso município que hoje é referência na área da dança”, disse o bailarino e coreógrafo responsável, professor Jhon William Amorim. 
Outro grupo que trouxe muitos troféus para Paragominas, foi o grupo de dança Vozes da Rua, que faturou todas as coreografias, levando o 2° lugar no solo Infanto juvenil, 1° lugar no solo Juvenil, 1° lugar no solo adulto, 2° lugar no trio juvenil, e 1° lugar conjunto. 
“Foi uma boa experiência, é a segunda vez que o grupo Vozes da Rua participa do Fida, ano passado classificamos todas como 2° lugar, e neste ano conseguimos uma boa classificação com três primeiros lugares. Os alunos agradecem muito a Prefeitura, através da Secult, que apoiaram e ajudaram na ida, e já estão se preparando para o próximo festival no mês que vem”, destacou o dançarino, diretor e coreógrafo do grupo Vozes da Rua, professor Diogo Costa.
O evento contou com apresentações de várias modalidades, como ballet clássico livre, ballet clássico repertório, jaz dance, folclore danças urbanas, entre outras, e com mais de 60 grupos de diversas localidades do Brasil, e até mesmo de outros países.