Paragominas participante da rede Selo UNICEF

A Prefeitura de Paragominas está sempre trabalhando para fazer com que o município seja cada vez mais valorizado e reconhecido dentro e fora do Estado, por isso, diversos prêmios fazem parte da sua história, principalmente no quesito boas práticas, como o Prefeito Empreendedor ou o Prefeito Amigo da Criança, que apontam sempre excelentes resultados a respeito do município em questões sociais.
Outra grande conquista da cidade é ser um dos municípios pertencentes a rede atendida pelo Selo UNICEF, uma iniciativa proposta pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), com o objetivo de estimular as cidades a implementar políticas públicas de qualidade a fim de reduzir a desigualdade e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
É graças a esse reconhecimento de bons trabalhos prestados à sociedade que Paragominas hoje ocupa este lugar de destaque entre os municípios pertencentes ao Selo UNICEF, onde a Prefeitura está sempre trabalhando para que o povo paragominense seja sempre muito bem atendido em situações que envolvem educação, cultura, saúde, entre outros.
Para que os municípios se mantenham sempre dentro dos requisitos exigidos pelo selo, algumas reuniões são realizadas com o intuito de discutir sobre os indicadores dos resultados propostos por cada um. Em Paragominas a segunda reunião do ano foi realizada na tarde desta sexta-feira, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), para que os saldos fossem apresentados e novas estratégias fossem traçadas para que Paragominas continue a fazer parte do grupo.
Em 2018, o selo vem com uma preocupação primordial voltada para os adolescentes, criando até mesmo um elo direto com o público, sendo representado pelo Jovem Mobilizador, Danderson Oliveira que falou sobre a temática deste ano, “neste ano temos o diferencial de dar foco aos adolescentes, pensando em metas e ações voltadas aos jovens”, afirmou.
Outro ponto frisado por Danderson foi a questão da participação do público e do poder municipal que está sempre presente realizando as ações necessárias para que o município continue com bons resultados, “além do município fazer a sua parte, o selo ajuda pois agrega a sociedade civil organizada, e o público alvo que é o mais importante, que também têm a oportunidade de participar, contribuindo com sugestões e ações, através da rede intersetorial”.
A reunião realinhou e discutiu parte do assunto onde novas metas foram traçadas fazendo com que o município permaneça como um dos mais agregadores dentro dos quesitos do Selo.