Prefeitura intensifica trabalhos de recuperação e mapeamento nas áreas de risco no período das chuvas

Com a chegada do período chuvoso, a Prefeitura de Paragominas vem trabalhando de forma intensa para identificar pontos que possam trazer algum tipo de transtorno para a população. Todas as secretarias estão em conjunto criando mecanismos para atender o povo paragominense durante o inverno.

“Estamos trabalhando para que a população não sofra danos durante as chuvas, e por isso toda a Prefeitura está apta para atender e auxiliar, principalmente as Secretarias Municipais, com foco para a Assistência Social (Semas), Urbanismo (Semur), Meio Ambiente (Semma), e Infraestrutura (Seminfra)”, disse o Prefeito Paulo Tocantins.

A Seminfra está entrando com a limpeza intensificada dos pontos críticos, bem como as ruas Gonçalves Dias, Leopoldina, Cametá, Capanema, Caravelas, São Matheus, e também os canais dos bairros Sidney Rosa e Sidilândia 2, e toda a área do condomínio rural. Este é um trabalho feito em parceria com a Semur e Semma, que também estão fazendo o mapeamento das áreas de risco, desobstrução de canais, recolhimento de entulho e limpeza das vias.

Já a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), vem realizando visitas em todas as áreas atingidas ou que possam oferecer risco, fazendo o encaminhamento das famílias para órgãos como Creas, Cras e grupo Paif, onde são captadas as necessidades de cada demanda, como emissão de documentação perdida, avaliação da estrutura da residência para dar entrada no cheque moradia, análise da situação familiar para inclusão em programas sociais quando necessários, entre outros.

“Diariamente, durante os 365 dias do ano, a Prefeitura desenvolve todos esses trabalhos de forma contínua, porém, neste período os serviços são intensificados para atender as demandas da população que muitas das vezes crescem durante o inverno devido às fortes chuvas”, frisou o Prefeito.

Contudo, após o mapeamento das áreas, foi constatado que por vezes o lixo das residências é despejado em ambientes desapropriados, causando assim o acúmulo de dejetos em locais que ficam obstruídos durante as chuvas, resultando em transtorno para todos.

Outra situação alarmante é a construção inapropriada de aterros e muros sem a autorização prévia da Seminfra, acarretando em córregos fechados que impedem o escoamento correto das águas.

“É necessário que todos os cidadãos que pretendem fazer algum tipo de construção procurem de imediato a (Seminfra) para que o local seja avaliado e constatado que não há nenhum tipo de risco à segurança do morador, evitando assim que as construções sejam prejudicadas e/ou atingidas durante as fortes chuvas”, destacou o Prefeito Paulo.