Rede de ensino de Paragominas receberá sistema de geração de energia distribuída

No dia em que se comemora o dia do Município Verde (23) em Paragominas, uma data de extrema importância para o município, a Prefeitura de Paragominas, através da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, inicia o processo de licitação para iniciar a instalação do sistema de geração de energia nas escolas municipais. 

A Prefeitura de Paragominas e o Ministério Público do Pará, perceberam a necessidade de reverter em prol da população de Paragominas um benefício social real, com redução de custos com gastos de energia elétrica e fomentando a geração distribuída de energia renovável. Por isso, assinaram o Termo de Ajustamento de Conduta em matéria ambiental. 

E dando continuidade a esta ação, amanhã (23) o Prefeito Paulo Tocantins assinará o Termo de Referência para licitar a empresa que irá instalar todo o sistema de geração de energia nas escolas de Paragominas. 

A assinatura do termo faz parte da programação da 2ª edição do Seminário de Energias Renováveis, onde acontecerá um debate sobre as possibilidades de formatos alternativos na geração distribuída de energia elétrica. O evento é promovido pela Prefeitura de Paragominas, pelo Sistema OCB/PA - Organização das Cooperativas Brasileiras e pela Coober - Cooperativa Brasileira de Energia Renovável e Desenvolvimento Sustentável. 

Para quem não lembra, a Prefeitura de Paragominas, em parceria com o Ministério Público do Pará firmaram compromisso de construir uma moderna usina solar fotovoltaica conectada à rede pública de energia (concessionária) e o principal objetivo é estimular a formação de uma geração sustentável, tanto de energia elétrica – respeitando o meio ambiente, quanto de cidadãos conscientes ambientalmente. 

“A nossa meta é que seja entregue até o dia 05 de junho, 50% do sistema instalado nas 04 escolas que mais consomem energia no município, com isto prevê-se uma economia de 90 mil reais por ano as escolas. Ou seja, um projeto que vai valer muito a pena e vai me dar mais liberdade de investimento na melhoria da educação.” Diz Felipe Zagallo, secretário de meio ambiente de Paragominas.

 

Seminário de Energia Renovável 

Com uma programação bastante consistente, o evento permitirá analisar o panorama das energias renováveis em suas diversas vertentes, sempre focando no papel do cooperativismo neste contexto, que tem se mostrado como decisivo para abertura de fronteiras. 

Foram convidados representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Gasgrid, empresa que apresenta soluções completas de geração distribuída , seja no gás natural renovável ou na energia elétrica, Moura, fabricante brasileiro de baterias, Coopérnico, cooperativa de energia renovável com operações em Portugal, e a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB),  além da Cooperativa Agrícola Mista de Tomé-Açu (Camta) e a Cooperativa de Crédito Sicredi Verde. 

A Coober implantou na cidade a primeira usina solar fotovoltaica do Brasil, em modelo cooperativo. A energia gerada pela Cooperativa é feita a partir da usina solar fotovoltaica, implantada no Polo Industrial de Paragominas em agosto de 2016. Foi feito um investimento com recurso dos próprios cooperados, por isso a capacidade de geração de energia da usina ainda é pequena, mas suficiente para suprir o consumo residencial dos cooperados. 

A 2ª edição do Seminário de Energias Renováveis é voltada para consumidores, profissionais da área, cooperativistas e universitários, e acontecerá dia 23, no Teatro Reinaldo Castanheira, na R. Mal. Rondon, 110, Centro a partir das 9h. 

As inscrições podem ser feitas na seção eventos no link http://paracooperativo.coop.br/servicos/eventos/34-seminarios/325-2-seminario-o-futuro-e-as-energias-renovaveis