Paragominas disponibiliza sistema de monitoramento em caminhões coletores de lixo

Muitos são os investimentos feitos pela Prefeitura de Paragominas, através da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente (Semma), a fim de trazer mais conforto e comodidade aos cidadãos paragominenses. E uma dessas novidades é o sistema de rastreamento e monitoramento dos caminhões de lixo que percorrem diversos bairros da cidade.
Hoje a população pode acompanhar em tempo real o local e a quilometragem que o caminhão de lixo que passa pela sua rua está, a fim de poder se programar no momento em que deve colocar o lixo nas calçadas para ser recolhido. 
“A gente, ou qualquer cidadão, acompanha esse caminhão em tempo real, para saber se o caminhão já passou, se está na sua rua, se ainda não passou. É uma novidade que para gente está sendo muito bom. O melhor retorno que nós estamos tendo disso, é que hoje nós não temos mais lixos acumulados como tinha antigamente, as pessoas hoje já se atentam para o horário do caminhão, e a população pode colocar o lixo na porta da sua casa exatamente no horário em que o caminhão coletor passa”, disse o secretário Felipe Zagalo.
Este modelo já é utilizado em outras regiões do Brasil, mas o serviço é novidade no Estado, ou seja, no Pará, Paragominas é a pioneira em utilizar o monitoramento, “é um sistema que veio realmente para que a gente possa implementar estas novidades e dar um conforto para o cidadão”, afirmou o secretário.
Para acessar o sistema de GPs instalado nos caminhões, basta que o cidadão entre no site da Prefeitura (http://www.paragominas.pa.gov.br/), clique no layout “Coleta de Lixo”, e em seguida escolha a opção “Rota da Coleta de Lixo”, que assim poderá acompanhar todo o percurso do veículo que recolhe o lixo do seu bairro. 
Outra inovação é que o sistema também emite relatórios que ficam armazenados e o cidadão poderá ter acesso entrando em contato diretamente com a Semma para a averiguação do serviço. “É uma novidade para a gente, não só a nível de Paragominas, mas a nível de Brasil também. Estamos integrados todos os dias com essa coleta, seja de manhã, de tarde ou a noite”, destacou Felipe.