Paragominas é destaque nacional no Programa Ecomudança

A Coompag (Cooperativa de trabalho de compostagem de Paragominas) foi uma das 6 organizações selecionadas em todo o Brasil na 10ª edição do Programa Ecomudança, realizado pelo Banco Itaú, sendo a primeira vez que um projeto de coleta seletiva é selecionado. 
O principal objetivo da ação é o incentivo a redução das emissões de gases de efeito estufa nas categorias de energia renovável, manejo de resíduos, florestas e agricultura sustentável e que se enquadrem nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS. 
“É gratificante ver que Paragominas está no radar das grandes empresas principalmente por suas boas práticas sustentáveis, e preservação do meio ambiente. Estamos sempre trabalhando para incentivar cada vez mais a sustentabilidade no município e a consciência ambiental”, disse o Prefeito Paulo Tocantins. 
Com o reconhecimento, a Coompag, ganhou um auxílio para investir e incentivar o crescimento do seu projeto em Paragominas e assim beneficiar mais de 300 famílias, gerando uma nova fonte de renda, e claro, sempre pensando na sustentabilidade do negócio. 
“É de suma importância receber esse reconhecimento nacional, dessa forma teremos mais recursos para fazer com que a Coompag cresça e se expanda como modelo de boas práticas dentro do município”, destacou o Prefeito. 
O projeto apresentado pela Coompag seguiu os seguintes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em seu projeto apresentado: Erradicação da pobreza; Igualdade de gênero e empoderamento da mulher; Trabalho descente e crescimento econômico; Ação contra a mudança global do clima; Vida terrestre – Biodiversidade, floresta e desertificação. 
A Prefeitura e a Coompag
Desde o seu início, a Prefeitura de Paragominas, teve participação fundamental junto à COOMPAG, operando e auxiliando na construção do espaço físico da cooperativa, e oportunizando diversas famílias no desenvolvimento desse tipo de trabalho. Além disso, a Prefeitura, em conjunto com suas secretarias, desenvolveu vários trabalhos de treinamento e capacitação aos cooperados que hoje formam uma equipe de 11 pessoas. Um dos projetos iniciais será a construção de uma horta comunitária dentro do bairro morada do sol, que também envolverá outras atividades nesse espaço para atender a comunidade.