Vírus Influenza: vamos juntos derrotar esse mal!

Influenza não é nada mais do que a chamada gripe, e existem dois tipos de vírus Influenza, o tipo A e o tipo B. O H1N1 é do grupo Influenza A. A influenza ocorre durante todo o ano, mas é mais frequente na época de chuvas e no inverno. 

Sabe como o vírus é transmitido? A transmissão direta é quando o doente fala que saem aquelas gotículas da boca que podem chegar até um metro de distância, já quando espirra, elas podem chegar até 2 metros. 

A transmissão indireta e quando a pessoa tosse cobrindo a boca com as mãos, ou passa as mãos na boca, estas gotículas ficam nas mãos dos doentes e passam para objetos e superfícies quando o doente toca os com as mãos sujas. As gotículas podem infectar estas superfícies ou objetos por até 72 horas. Nesse período, qualquer pessoa que tenha contato irá se contaminar com o vírus, mesmo que o doente já não esteja mais ali. 

Por isso, a vacinação contra o vírus Influenza tem como objetivo proteger a população contra as formas graves da infecção e a partir do dia 23 de abril a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza iniciará em Paragominas e vai até o dia 1º de junho. O “Dia D” acontecerá no dia 12 de maio, com uma mobilização nacional. A campanha é promovida pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação do Programa Municipal de Imunizações pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Vigilância em Saúde. 

Ano passado foram vacinadas 23.595 pessoas, e desde 2009 o município de Paragominas participa desta campanha, e não tem nenhum caso registrado de epidemia nos últimos anos, tendo apenas casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG, os quais foram identificados este ano de 2018 até o momento 01 paciente, 2017 foram 08 pacientes, 2016 com 01 paciente, em 2014 com 04 pacientes, 2013 foram 02 pacientes e 2010 foram 03 pacientes. 

Para a vacinação foram escolhidos os grupos de risco, ou seja, pessoas que possuem maior chance de evoluir com complicações caso tenham o H1N1.Confira os grupos que receberão vacina: 

Crianças: 6 meses a menores de 05 anos;

Gestantes;

Puérperas;

Idosos;

Trabalhadores de Saúde;

Professores da Rede Pública e Privada/Indígenas;

População Privada de liberdade;

Funcionários do Sistema Penal;

Os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.