Você conhece o projeto Telemedicina?

A prefeitura de Paragominas vem realizando, por meio da secretaria de saúde, atendimentos com especialistas que não residem em Paragominas, ou cuja demanda é muito alta, através de vídeo conferencia. Legal né? Ficou curioso? Pois logo você vai entender como funciona o programa Telemedicina e como você pode ter acesso a esse serviço que vem atendendo centenas de pessoas em Paragominas e tem dado muito certo.

O que é o Telemedicina?
A Telemedicina é utilização de recursos tecnológicos e também de comunicação para facilitar e aperfeiçoar o atendimento médico. Por meio de transferências digitais, diversos serviços clínicos podem ser levados a qualquer lugar do país, assim ultrapassando barreiras físicas que antes as impossibilitavam.
Às vezes, em momentos em que o paciente precisaria se deslocar várias vezes para resolver um problema, essa necessidade vai ser suprida ele poderá fazer a sua consulta com um especialista que não tem no município. A coordenadora do Telemedicina em Paragominas explicou que aqui na cidade os agendamentos são sempre cumpridos, o que demonstra a eficiência desse serviço.
“O projeto foi implantado em novembro de 2018, e desde novembro até agora nós já fizemos 284 atendimentos por meio da videoconferência. Quando a agenda é disponibilizada é difícil o paciente não vir”, disse a coordenadora do projeto, Taciana Vasconcelos.

Como funciona?
Em Paragominas, o programa Telemedicina oferece três especialidades, que são: neurologista, neuropediatra e endócrino. E agora no mês de outubro já estará disponível atendimento com dermatologista.
Normalmente, se tratam de especialista que não tem no município, ou cuja demanda é muito alta.
No dia da consulta, o especialista cujo polo é em Belém, vai atender esse paciente por meio de uma “live”, em uma sala designada para isso. É como se fosse um atendimento normal, o médico conversa, faz perguntas, faz solicitação de exames, tudo online. Claro que é imprescindível que haja a presença de um médico todas as vezes em que esses atendimentos forem realizados, pois ele poderá fazer a parte física do atendimento, como testes de sensibilidade por exemplo, e também para auxiliar na troca de informações.

Como eu posso ter acesso?

Nessa nova etapa do programa serão realizados atendimentos nos dias 8, 17 e 18 de outubro, e agenda do mês de outubro está fechada. Os pacientes que foram encaixados nessa agenda foram aqueles que, a partir da consulta no Estratégia Saúde da Família do seu bairro, foi constatado pelo médico, a necessidade de exame com o especialista. Dependendo da urgência, há uma triagem por meio do DRAC de Paragominas e esses entram em fila para esse atendimento.
Após agendados, os pacientes são comunicados com a data e o horário que deverão comparecer na secretaria de saúde para a realização do atendimento.

--
E tem mais, o Telemedicina não para de crescer. “Estamos com um projeto de disponibilizar atendimentos de infectologista, futuramente. E no caso, iremos encaixar as pessoas que já estão precisando dessas consultas, e após um levantamento de prioridades, alguns poderão ser atendidos aqui mesmo no município sem precisar viajar para Belém” explicou Taciana.
São muitas as vantagens que o Telemedicina oferece, por exemplo, essa comodidade de atender pacientes que encontram dificuldades em se deslocar, além disso, a descentralização é muito benéfica pois os usuários do serviço contarão com uma equipe de saúde maior e mais diversificada.
Por ser um projeto relativamente novo, a coordenadora nos revelou que os pacientes ficam um pouco acanhados à princípio. Mas assim que saem da sala, após serem atendidos, boa parte deles já vem logo querendo mais: “eles já chegam para mim falando, enfermeira eu gostei muito! Não tem mais especialidades não? ”.